Fonsatti Advogados Associados - 07/02/2020

Agronegócio aliado a tecnologia gera resultado

Sem sombra de dúvida o Brasil é o celeiro do mundo e vai se destacar ainda mais a médio e longo prazo. Afinal, temos grandes chances de nos tornarmos uma superpotência do agrobusiness, suprindo o mercado mundial.
A performance acima da média do agronegócio se deve, principalmente, ao aumento do uso da tecnologia.

Para que o Brasil atinja todo seu potencial nas próximas décadas é essencial que as empresas continuem inovando, transformando a maneira de se fazer negócios na área.

Segundo estudos realizados pela Embrapa e pela Agência Paulista do Agronegócio, para cada 1 real investido em pesquisa agropecuária, 13 reais retornam em redução de custos, aumento da produtividade e agregação de valor.

E essa tecnologia tende a invadir não só os grandes produtores, mas também os de médio e baixo padrão.
O aumento da tecnologia e da inovação no campo é liderado pelas agrotechs, que nada mais são que startups do setor do agronegócio que têm por objetivo gerar soluções tecnológicas que revolucionem a produção: reduzindo custos, aumentando a produtividade e suavizando o impacto ecológico do setor.
As agrotechs tornam a agropecuária mais previsível e eficiente possibilitando a solução de problemas de maneira mais rápida. A Eirene Solutions é uma das responsáveis pelo aumento da eficiência na agricultura. A empresa desenvolveu um sistema inteligente de pulverização, utilizando visão computacional para distinguir plantas e ervas daninhas. Desta maneira, é possível reduzir o volume de herbicidas, gerando economia e evitando o desperdício.

A 32ª edição do Show Rural realizado na cidade de Cascavel – Paraná, certamente é uma vitrine deste cenário de agricultura, inovação e tecnologia.
Fica aqui a minha sugestão para quem pretende compreender um pouco mais sobre as agrotechs e sobre como elas podem revolucionar o mundo.