Fonsatti Advogados Associados - 07/02/2020

Morte do empregado não acarreta extinção de ação rescisória

A Subseção II Especializada em Dissídios Individuais (SDI-2) do Tribunal Superior do Trabalho determinou que o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP) dê seguimento à ação rescisória ajuizada pelo Município de Guarulhos que havia sido extinta em razão da morte do empregado. Por maioria, o colegiado decidiu que o vício processual relativo ao nome da parte deve ser sanado e o processo deve prosseguir com a habilitação da viúva para o polo passivo da ação.

Leia mais em: http://www.tst.jus.br/web/

 

Fonte: Justiça do Trabalho – Tribunal Superior do Trabalho

NOTÍCIAS RELACIONADAS